Fundação Rio Verde
Aumento da demanda de alimentos cria condição favorável ao agronegócio brasileiro, afirma Roberto Rodrigues.
26/02/2016 às 16h32
 
 
Ex-ministro fará palestra no Show Safra BR 163, em Lucas do Rio Verde.
 
O agronegócio brasileiro, sua importância na economia do país, seu posicionamento no mercado mundial e o seu papel na segurança alimentar serão temas que o ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, abordará no Show Safra BR 163.
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que até o ano de 2020 o mundo terá que aumentar sua produção de alimentos em 20% para suprir as necessidades populacionais. Segundo Rodrigues, esse aumento populacional ocorre principalmente nos países em desenvolvimento, onde a renda per capita está crescendo em maior proporção do que em outros países. “O horizonte de demanda crescente cria para a agropecuária brasileira uma condição favorável”, salienta Rodrigues ao destacar que na visão da OCDE o Brasil pode ampliar sua produção em 40%.
Conforme o ex-ministro, o Brasil conta com a melhor tecnologia tropical do mundo, o que pode ser comprovado pelo aumento da produtividade de grãos nos últimos anos. “A área plantada, nos últimos 25 anos cresceu 53%, enquanto a produção cresceu 260% e a produtividade aumentou 135%. Se tivéssemos as condições tecnológicas de 25 anos atrás, seriam necessários mais 78 milhões de hectares para atingir nossa produção atual”.
Rodrigues ressalva, porém, que o Brasil ainda carece de uma estratégia consistente para o agronegócio. “Temos gargalos que precisam ser resolvidos e por isso nosso horizonte é dúbio”, aponta.
A palestra de Roberto Rodrigues está marcada para o dia 29 de março, às 14 horas, na abertura oficial do Show Safra BR 163, na Fundação Rio Verde.